• 27 de março de 2014
pt_br

Oito meses no Ponto Coração do Peru

Viver no Ponto Coração para mim foi uma experiência inesquecível. Lá pude compreender e viver segundo um olhar voltado para a essência de cada coisa e/ou pessoa. Guiando-me, entregando-me a uma força muito maior: DEUS.

Pude abrir mão de todo e qualquer julgamento imediato e demasiadamente humano, em prol de um verdadeiro ENCONTRO, aquele que preencheu e inundou tudo. Encontro esse, que me deu uma certeza tão intensa, que só pude ansiar reviver tal encontro. Dentro de uma graça, que me dava um apoio contínuo, num feito concreto, que me possibilitou viver uma LIBERDADE fecunda e grandiosa. A coisa mais linda em minha missão foi tentar buscar viver os meus encontros com cada amigo, sob este mesmo olhar, eliminando todo e qualquer pré-julgamento, em prol da busca da beleza da alma de cada ser humano.

Poderia passar horas tentando explicar a minha experiência, mas, em virtude das limitações das linhas, posso dizer que: PONTO CORAÇÃO foi para mim, tentar ver, vivenciar e experimentar as mínimas e diminutas coisas com a certeza de que tudo é de DEUS.

Manuele Carvalho

JPEG - 18.5 KB

Voltar para o início