• 27 de março de 2014
pt_br

Depoimento de Irmã Laetitia

Foi em 1996 que eu deixei a minha terra argentina para percorrer vários países junto com a Obra Pontos Coração. Cada nova etapa foi sempre uma surpresa, algo inesperado como um presente de Deus para minha vida. Ele foi mostrando seu rosto aos poucos, me introduzindo na sua missão, no seu mistério.

Estes quase cinco anos no Brasil foram intensos, como as cores desta terra. Eu descobri um povo muitas vezes sofrido mas que guarda a graça da verdadeira alegria e da hospitalidade do coração.

Hoje volto para uma nova missão no meu país com o coração cheio de gratidão e de ação de graças. Gostaria de oferecer-lhes um trecho deste canto de Violeta Parra, cantora chilena pela qual tenho afeição:

Gracias a la vida

Graças à vida que me deu tanto

Me deu o riso e me deu o pranto

Assim eu distingo fortuna de quebranto

Os dois materiais que formam meu canto

E o canto de vocês que é o mesmo canto

E o canto de todos que é meu próprio canto

Graças à vida, graças à vida!

JPEG - 59 KB

Voltar para o início