• 4 de novembro de 2016
pt_br

225 anos da Comunidade Nossa Senhora de Nazaré, uma Igreja viva e restaurada

Festa dos 225 anos da Comunidade Nossa Senhora de Nazaré, Passagem dos Teixeiras

A Comunidade católica de Passagem dos Teixeiras, acompanhada desde mais de 20 anos por padres da Fazenda do Natal (Pontos Coração), festejou com orgulho a renovação da sua igreja no aniversario dos 225 anos da sua construção. Depois de 8 meses de obras, Dom João Carlos Petrini visitou a comunidade para a Benção da igreja. Sem nenhuma ajuda de fora, a renovação desta igreja do século XVIII é devida à fé e a coragem dos fieis da comunidade.

São cinco horas da tarde do dia 22 de outubro e o povoado fica sem luz desde meio-dia, no lugar onde tem que acontecer a Santa Missa presidida por Dom João Carlos Petrini. Oito meses de trabalho da parte dos membros da comunidade para salvar a igreja deles que estava ameaçando desabar por causa da falta de manutenção e das chuvas dos anos passados.

A Paroquia São Francisco com seu pároco Padre Miguel ajudou bastante. Nenhuma ajuda do estado nem de empresas, somente mãos vendendo rifas, bolos…, homens, mulheres e jovens chegando para trabalhar nos fins de semana. Muitos momentos de alegria mas também de desânimo, a impressão que nunca dará para acabar ! É demais!

Mas hoje se celebra o milagre: uma igreja toda renovada! O teto, o chão, a eletricidade, o som e a pintura… E também um muro de contenção ao redor do edifício para evitar os desabamentos de terra. A igreja permaneceu, como a Torre de Pisa, um pouco inclinada, mais fica bastante consolidada para durar nos próximos séculos.

Dom João Carlos chega, feliz de descobrir o trabalho feito e a beleza do lugar. O que vamos fazer? Celebrar no átrio da igreja frente à centenas de pessoas, sem microfone e, daqui a pouco sem luz! A beleza do lugar, a alegria vendo-se nos rostos nos ajudam a entrar nessa experiência maravilhosa da presença de Cristo. Na sua homília, Dom João Carlos sublinha o fato que esta bela realização é á imagem duma comunidade: «Podemos contentar-se com uma igreja suja e sem manutenção, mas o fato de ser orgulhoso da sua igreja, de renovar ela apesar de tantas dificuldades revela um amor concreto para o nosso Bem Amado!» Palavras de consolo após de tantos esforços!

Nossa noite continua com um concerto das crianças e jovens da Orquestra Irmã Dulce (Neojiba, Simões Filho) que executa obras de Mozart e Villa Lobos, encantando os numerosos fieis assistindo.


Voltar para o início